Formação

Jesus Ressuscitou, Aleluia!

“Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância”, disse Jesus aos fariseus quando revelava-se como o bom pastor no evangelho de São João no capítulo 10 versículos 10.

Toda a missão de Jesus nesse mundo, desde a sua encarnação no seio da virgem Maria, até seu nascimento, vida e morte, convergira em um único e real objetivo: a salvação da humanidade.  Como Ele mesmo disse, “ a vida em abundância” a que se referia, era a vida eterna. Essa vida eterna foi sendo assim revelada ao longo de sua missão terrena, e se concretizou no terceiro dia após sua morte na cruz.

A ressurreição é, portanto, para aqueles que creem no Cristo, o enviado do Pai, o ponto máximo, o sentido único e irrefutável de toda missão do filho de Deus na terra. Nossa esperança na ressurreição não é uma ideologia, ou apenas um episódio histórico que aconteceu a mais de 2000 mil anos atrás na antiga região da palestina, mais precisamente na cidade de Jerusalém…nossa esperança e fé não estão fundamentadas apenas em um momento histórico e importante para os povos do Oriente Médio e para todos os cristãos espalhados pelo mundo… tudo isso é importante e levado em consideração também. Mas muito mais que isso, a ressurreição é uma certeza, uma verdade real e experiencial para todos aqueles que creem no Cristo. E mesmo que as ciências ou evidências históricas, arqueológicas ou antropológicas venham posteriormente refutar essa certeza, ela está inscrita no interior, no mais íntimo de nossa alma, pois é uma questão de fé. Augusto Cury disse uma certa vez que “quando a fé se inicia, a ciência se cala. A fé portanto, transcende, a lógica”.

Em sua Encíclica Fides et Ratio (Fé e razão), São João Paulo II trata da relação entre a fé e a razão, e nos fala que ambas constituem como que as duas asas pelas quais o espírito humano se eleva para a contemplação da verdade. Contudo ressalta que devemos ter cuidado com a mentalidade que acredita na ideia de que as ciências e as técnicas são capazes de tornar o homem plenamente soberano sobre seu destino, ou de que a ciência é exclusivamente apta a explicar e desvendar todos os mistérios de sua existência.

Para nós cristãos, crer na ressurreição é muito mais que uma certeza racional ou intelectual, é uma certeza de fé. É preciso que consideremos uma realidade que já foi evidenciada e corroborada por muitos estudiosos e cientistas ao longo dos séculos: a do poder da fé. Não é difícil observar que em incontáveis situações a mesma ciência não é capaz de explicar sozinha todos os mistérios que envolvem a relação do homem e sua a fé.

Sendo assim, no que se refere a veracidade da ressurreição de Jesus Cristo, a ciência pode até concluir algum dia que não há evidencias suficientes que comprovem que ela realmente aconteceu, mas ela jamais poderá provar que Cristo não ressuscitou!!

Nesses últimos tempos é fundamental e necessário que renovemos nossa fé e esperança de que realmente Cristo ressuscitou. Infelizmente, a humanidade foi lançada numa atmosfera de morte e dor, e nunca o anúncio da ressurreição e da vida foi tão vital para cada homem e cada mulher. A humanidade precisa voltar a acreditar que Cristo venceu todo pecado e toda morte, e que há um intercessor e mediador que nos trouxe a vida por Sua Vida. Nunca foi tão urgente anunciar abertamente e sem medo nem que seja” de cima dos telhados” (Mateus 10, 27) que Cristo ressuscitou. O mundo precisa saber a verdade. Nós precisamos renovar essa verdade em nossa vida. Citando o evangelho de São Mateus: “não temais os que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Temei antes aquele que pode destruir a alma e o corpo… não tenhais medo, pois valeis muito mais do que muitos pardais”. (Mateus 10,28-31)

Nunca essa boa notícia foi tão atual: “convertamo-nos, retomemos ao caminho do Senhor, endireitemos nossas veredas, deixemos de fazer o mal, aprendamos a fazer o bem, Cristo está vivo, Ele ressuscitou, somente Ele pode vivificar o mundo, somente Ele pode vivificar a mim e a você. Nossa vida está escondida com Cristo em Deus, pensemos nas coisas alto, procuremos as coisas do alto, ressuscitemos com Cristo, porque ELE verdadeiramente ressuscitou, aleluia”!

 

Encíclica Fides et Ratio, João Paulo II, 1998
Citação de Augusto Cury, 2015

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?