Formação

Maria poderia ter dito Não? A liberdade humana e a vontade divina

Haveria possibilidade de Maria ter dito “não” ao plano de Deus? Será que sua liberdade teria sido prejudicada? A escolha estava realmente nas mãos de Maria?

Não podemos falar de Maria sem mencionarmos seu “sim” ao projeto de salvação almejado por Deus. Seu questionamento ao anjo Gabriel é fruto de fazer unicamente a vontade de Deus. Maria, convencida de que essa é a vontade do Pai, responde o que a humanidade sem saber desejava: EU SOU A SERVA DO SENHOR; FAÇA-SE EM MIM SEGUNDO TUA PALAVRA! (Lc. 1, 38). O nascimento imaculado não deixou Maria menos humana, pois o pecado, longe de humanizar, ele desumaniza. Quanto mais santo, mais humano me torno.  Maria compartilhou do sofrimento da humanidade, mas não permitiu que o mal entrasse no seu coração. Ela foi concebida sem pecado pelos méritos de Cristo e recebeu o Espírito Santo antes de conceber Cristo. Para São João Paulo II, jamais na história humana tanta coisa dependeu, como então, do consentimento da criatura. Maria foi uma mulher livre! O fato de alguém se encontrar confirmado na graça de Deus, a ponto de não poder mais fazer o mal, atingiu o grau supremo da liberdade. Assim, o homem que estiver mais completamente dominado pela graça de Cristo será também o mais livre. A graça de Deus torna nossa vontade boa.

AVE CHEIA DE GRAÇA…

Maria atingiu esse grau supremo. Ela não poderia ter dito não, justamente porque era livre.

Maria é o símbolo da humanidade livre, mulher perfeita. A mulher, na época de Maria, era dependente. Maria fica só diante do anjo e responde com responsabilidade. Foi um “sim” responsável. Maria mostra que liberdade é compromisso. No ponto de vista psicológico, Maria era perfeitamente equilibrada e sábia. O Papa Emérito Bento XVI afirma que “Maria, a nova Eva, foi escolhida entre todas as mulheres para criar o caminho para a santidade e a vitória sobre o pecado”.

 

Francisca Gláucia da Rocha Sousa
Consagrada na Comunidade de Aliança Filhos de Sião
Membra do Conselho Geral da Comunidade

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?