Formação

Semana de Formação 2022: Como São Francisco, quero: Acordar os corações adormecidos e inflamar os corações indiferentes

Retornamos nossas atividades com a quinta-feira de Adoração, onde nossa fundadora pregou com o tema para o ano de 2022: Como São Francisco, quero: Acordar os corações adormecidos e inflamar os corações indiferentes.

A Comunidade Filhos de Sião nasceu de uma inspiração da vida de São Francisco. Com o intuito de fugir do barulho mundano, fomos à Serra da Meruoca, estávamos em retiro e o pregador nos conduziu a meditar sobre a vida de São Francisco, quando ele meditava a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo. São Francisco chorava muito alto e um camponês que passava pelo lugar o interrogou.

O camponês perguntou: Que aconteceu, irmão, por que choras?

O Irmão – São Francisco – respondeu:

Quisera eu ser neste momento o maior oceano da terra, para ter tudo isso de lágrimas. Quisera que se abrissem ao mesmo tempo todas as comportas do mundo e se soltassem as cataratas e os dilúvios para me emprestarem mais lágrimas. Mas ainda que juntemos todos os rios e mares, não haverá lágrimas suficientes para chorar a dor e o amor do meu Senhor crucificado. Quisera ter as asas invencíveis de uma águia para atravessar as cordilheiras e gritar sobre as cidades: o Amor não é amado! O Amor não é amado! Como é que os homens se podem amar uns aos outros se não amam o Amor?

E desse grito de amor de São Francisco: o Amor não é amado! O Amor não é amado!  nasce o Carisma Filhos de Sião.

E particularmente neste ano, somos chamados, como São Francisco, a acordar os que estão no sono espiritual, os rebeldes e os indiferentes a Jesus.

É tempo de bradar, gritar em alta voz, pelos quatros cantos desta cidade e até os confins de toda a terra que o Amor não é amado! O Amor não é amado! Esse será o nosso grande ano de adorar o amor.

O primeiro a acordar do sono espiritual sou eu, quem mais dorme nesse momento sou eu.

Acorda! Para de dormir! Jesus te ama!

O amor de Jesus é nos dado gratuitamente, com fidelidade, com misericórdia e eternamente.

Acorda! Desperta! Jesus te ama!

Quem mais precisa acordar sou eu! Aqueles que dormem não chegam à vida eterna. Sejamos como as virgens prudentes, atentas a tudo, preparadas. Não cochilemos com a nossa salvação. Quem dorme não chega ao céu, não recebe a coroa dos justos. Cuidado com o sono espiritual! Desperta tu que dormes, levanta-te dentro os mortos e Cristo te iluminará.

Deus é detalhista e delicado, que faz cair a chuva sobre justos e injustos, faz nascer sol sobre justos e injustos. Olhe para a natureza que você encontrará Deus, olhe para o irmão que você encontrará Deus. Ele se deixa encontrar. Ele quer ser encontrado, mas a gente se esconde.

O que fez Adão quando pecou? Escondeu-se! Quem se esconde de Deus somos nós, Deus se deixa encontrar sempre. Deus é quem facilita para que eu o encontre. Ele quer ser encontrado!

Não tem felicidade sobre a face da terra, sobre o coração do homem, se não encontrar a Deus. Se o meu coração não se render a Deus, não terá felicidade. Simplesmente passará pela terra, mas não será feliz!

A felicidade é uma pessoa, é Jesus! E ele tudo providenciará. O coração que tem Deus é um coração em paz, agradecido e confiante. Segue sorrindo em meio as dificuldades, porque Ele é nosso tudo e é todo poderoso. Nós somos criaturas de Deus.

Conduzidos por I São João 1, 1-10.

Em Jesus há vida, por isso que quem tem Jesus não morre, mas passa desta para a outra vida. Ele é a luz, por isso nós precisamos dele! Onde Jesus chega a escuridão se acaba.

Toda treva, toda escuridão é ausência de Deus! Traga a luz para sua casa, pro seu trabalho, para a sua vida. Encha tudo da sua vida com a luz de Cristo.

No natal, a luz irradiou as trevas, e 2021 anos depois, ainda não compreendemos. A luz veio, brilhou uma luz, e essa luz é Jesus! Ele veio habitar no nosso meio. A luz está no nosso meio e a gente insiste em querer viver na treva.

Sem a luz, dá tudo errado. Nós precisamos da luz. Nós precisamos de Jesus.

 

Vander Lúcia Menezes Farias
Fundadora da Comunidade Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?