Formação

Serás inteiramente do Senhor teu Deus

Jesus é o Senhor da nossa vida. Ele não precisa ser, Ele simplesmente é…

Deus criou o homem e o colocou no paraíso. Criou todas as coisas pensando nele. Entende-se o paraíso como o lugar de intimidade com Deus, é tão certo que Adão e Eva conheciam os passos de Deus de tamanha intimidade.

Conduzidos por Deuteronômio 18,9: “Serás inteiramente do Senhor teu Deus.”

Hoje Deus vem dizer para nós que Ele nos quer só para Ele e que precisamos ser inteiramente d’Ele. Fugi de tudo que não vem de Deus! É Ele quem nos salva e, por isso, Ele é o nosso Senhor.

Tenhamos cuidado com o nosso conceito de felicidade, com as ideias que o relativismo vem colocando nas nossas cabeças. Só existe uma verdade: Jesus Cristo. Liberdade não é fazer tudo que quer. Há mais liberdade em conseguir se dominar do que fazer tudo que quer e na hora que quer.

Muitas coisas irão aparecer para nos tirar de Deus, para tirar o nosso pensamento d’Ele. Quando o homem pecou e se distanciou de Deus, ele deixou de ser dono das coisas para ser escravo. Então, veio Jesus e morreu por nós numa cruz e Ele quer ser Senhor para nos levar de volta ao paraíso. Por isso, Jesus derramou seu sangue na Cruz para nos reconciliar com o Pai.

Quando Jesus morre na cruz, as portas do paraíso são abertas novamente. Jesus não pecou, mas morreu pelos nossos pecados. E, diante do nome d’Ele, todo joelho se dobre nos céus e na terra e debaixo da terra.

Jesus é o Senhor das nossas enfermidades. A quantos cegos Jesus devolveu a visão? A quantos, Jesus deu a saúde? Esse Jesus de dois mil anos atrás é o Senhor da nossa vida hoje e pode nos curar!

Jesus é o Senhor da Vida, ele pode devolver a vida. Ele é o Senhor! Mas Ele só será o Senhor da sua vida se você deixar, porque Ele respeita a sua liberdade, dom que Ele deu a cada homem na criação. Se Jesus não for o Senhor das nossas vidas nós não vamos conseguir chegar na meta!

A nossa meta é o Céu.

É preciso renunciar toda mentalidade que diverge do Evangelho. Precisamos, pois, mudar nossa mentalidade. Onde não há o certo e o errado vira um caos. A pior prisão é a que vem vestida de liberdade. Nós, portanto, precisamos retirar das nossas vidas todas as mentalidades que não vem de Deus.

Que Senhor seja o Senhor da nossa sexualidade, da nossa afetividade, dos nossos relacionamentos…

Eu me submeto a Ti e te proclamo: TU ÉS, JESUS, O SENHOR DA MINHA VIDA!

 

Marília Ivina Mendes

Conselheira da Comunidade Filhos de Sião  

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?