Formação

Vigília Mariana – A Adoração do Filho de Sião

Conduzidos por João 4, 1-42.

Jesus volta à Galileia para salvar você. E, no caminho, passa pela Samaria, que era um lugar no qual ninguém dava nada por ninguém. Foi lá que Ele teve um encontro com a samaritana, no poço de Jacó. Jesus chegou na vida dela! Ele foi ao seu encontro!

Jesus só pede de mim o que eu tenho para dar

Onde Jesus quer encontrar você, jovem? Na sua vida. Ao encontrar-se com a samaritana, Jesus pediu aquilo que ela podia dar a Ele.

O que você tem para dar a Jesus?

Aquela mulher entrou em um diálogo com Jesus a ponto de dizer que não tinha como tirar a água e matar a sede dele.

O maior trunfo para a juventude são os sonhos, planos e projetos. Mas saibam de uma coisa, jovens: Jesus chega nessa hora para recebê-los e tomá-los. É você que Jesus quer!

Jesus diz para nós hoje: “O que tu queres, eu tenho”

Há algo importante nesse texto sagrado: Jesus, sendo judeu, tem um encontro com uma mulher samaritana, que já não tinha valor nenhum na Samaria. Da mesma forma, hoje, a nossa juventude é discriminada. Ninguém dá nada por nós!

No diálogo com Jesus, a samaritana percebeu que Ele a conhecia. Ela olhou para Jesus e o admirou porque Ele a conhecia, sabia a verdade do seu coração. Nosso Carisma vai dizer que adorar é olhar atentamente. Naquele momento, ela o adorou.

Quando essa mulher entendeu que aquele homem era alguém diferente, alguém que poderia dar algo bom para ela, ela o adorou. Os adoradores são aqueles que o conhecem. E os que o conhecem, adoram a Jesus em espírito e em verdade.

Se eu conheço, eu adoro a Jesus

Foi isso que Jesus disse à samaritana: “Já chegou a hora em que os adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade. E são esses os adoradores que o Pai deseja!” (conforme João 4, 23-24)

 

Francisco Adriano Silva
Cofundador e Consagrado na Comunidade de Vida com Promessas Definitivas

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?