VOCACIONAL FILHOS DE SIÃO

Comunidade de Aliança – Nosso maior serviço é tornar Jesus amado

O mesmo Carisma, com chamados distintos

Ao estudarmos sobre Comunidade de Vida e de Aliança refletimos se é o que queremos ou não para nós – no entanto, não se trata apenas de escolher o que queremos, mas descobrir se é da vontade de Deus, e se estamos dispostos a acolher essa vontade.

Também não é uma opção, escolhendo o que seria “mais fácil”. É, na verdade, vontade de Deus. Sendo chamados distintos, não é possível medir a entrega. Porém, convém compreendermos que ambas realidades são chamadas a dar a vida por completo – 24h por dia de entrega! Somos chamados a sermos Filhos de Sião onde quer que estejamos – este é o ordinário. Independente de onde e com quem estivermos.

Estamos aqui com um objetivo comum – a conformação a Cristo, assemelharmo-nos a Ele. Os estatutos são uma forma: nós que “entramos” no Carisma, a fim de nos conformarmos a Cristo a partir dele.

O que fazemos?

Segundo os nossos Estatutos, a Comunidade de Aliança:

  • Encarna o Carisma – já que estamos fora das casas de missão da Comunidade, é preciso testemunhar e frutificar para nossa família, colegas de trabalho, de estudo e quem quer que encontremos.
  • Vive a radicalidade – abraçando todas as bênçãos e renúncias proporcionadas pelo Carisma.
  • Assume uma vida profunda de: oração, fraternidade, e apostolado, servindo à Igreja, à Comunidade, à humanidade.

Como é a nossa vida cotidiana?

Cada irmão tem a sua própria rotina. Ela contempla pontos em comum, que formam a identidade dos membros da Comunidade de Aliança Filhos de Sião, a saber:

Vida de Oração
  • Manhã: Iniciando o dia com Liturgia das Horas (Laudes), sendo a primeira oração.
  • No decorrer do dia: Santo Terço contemplado e na intercessão segundo as orientações estatutárias; bem como o estudo bíblico e a oração pessoal. Ainda, ir ao Banquete Eucarístico durante a semana, além do domingo.
  • Noite: Encontros comunitários formativos e oracionais, subdivididos em dois dias, semanalmente (um dia para formação e oração, e outro dia para partilha). E para concluir, antes de dormir, fazer uma reflexão do dia e um momento penitencial rezando com toda a Igreja as Completas.
Vida de Pobreza

Nossa pobreza é fazer a vontade de Deus. Portanto, refere-se à pobreza espiritual.

  • Exercícios de pobreza: Não trabalhar por acúmulo, mas para ter uma vida digna;
  • Não negligenciar nosso tempo para Deus – entregar-se à oração, à fraternidade e ao apostolado;
  • Oferta dos bens materiais e espirituais: consagramos a nós mesmos e tudo o que temos, porque compreendemos que recebemos tudo de Deus.
  • Devolução do Dízimo para a Igreja, da Koinonia à Comunidade, e partilhando nossos bens com os irmãos da Comunidade de Vida.
Vida de Castidade

Evitamos tudo aquilo que é pecado para o corpo. Desde a forma como nos comportamos, até o modo específico de vestir.
Nos relacionamentos afetivos, classifica-se a vivência da castidade em duas possibilidades:

  • Solteiros – Estes passam por um período de discernimento e acompanhamento do relacionamento, sob a orientação do formador pessoal. Em seguida, se decidido pelo namoro, vive-se essa etapa na pureza. Ressalta-se que os solteiros, sejam celibatários ou namorados, devem viver na santa continência.
  • Casados – Na fidelidade conjugal, na procriação e na missão de educar os filhos.
Vida de Obediência

Segundo a hierarquia existente na Vocação, cada membro possui formadores para acompanhá-lo em toda a sua trajetória vocacional:

  • Formador Comunitário – Responsável pela célula e pela vida comunitária.
  • Formador Pessoal – Responsável pessoal de cada membro.
Vida Apostólica

Comporta os serviços, missões e ministérios. Nosso maior serviço é tornar Jesus amado! Dentro do nosso trabalho, da nossa família, com os nossos amigos; é no ordinário, no dia a dia.

Tenhamos em vista a grave responsabilidade que temos ao aderirmos este grande dom de Deus que é o Carisma, pois “um consagrado infiel é uma ferida para a Igreja” (São João Paulo II).

 

Pedro Allef Silva Vasconcelos
Consagrado na Comunidade de Aliança Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?