VOCACIONAL 2021

VOCASIYYÕN: “Venceste-me, Senhor. Agora sou teu.” – Missão Bela Cruz

Hoje, um novo ano Vocacional da Comunidade Filhos de Sião é aberto na missão de Bela Cruz, com o tema: Venceste-me, Senhor. Agora sou teu!

Deus hoje nos dirigia ao grande episódio da Anunciação do Anjo Gabriel à Maria, onde o anjo dizia: Calma Maria, porque o Espírito Santo descerá sobre ti. Naquele momento o Espírito Santo inicia a sua obra de fecundação. Naquele instante os tecidos do Filho de Deus já estavam sendo introduzidos no ventre de Maria. E, a partir dali, ela disse Sim ao projeto de salvação da humanidade.

Hoje nós também vamos receber essa graça. Deus está nos dando uma oportunidade de hoje sermos gerados, para passar nove meses no processo de gestação dentro da Vocação Filhos de Sião.

O mesmo Espírito Santo que introduziu Jesus em Maria é o que conduz hoje você, vocacionado(a), para o ventre de Maria, para dar início a uma caminhada sólida. Hoje Deus quer que, como Nicodemos, você nasça de novo pelo Espírito Santo. Quem nasce de novo tem uma vida compreendida!

Vocacionados, a partir de hoje vocês estão sendo gestados para nascer de novo daqui a nove meses. Jesus vai fazer nascer um novo homem, uma nova mulher. O Senhor está querendo ser gestado em seu coração. Você permite?

Venceste-me, Senhor. Agora sou teu!

Estar aqui hoje já é uma vitória de Deus, a de hoje. Deus é assim: Ele trabalha no hoje. Amanhã é outro dia, outro trabalho, outra ação dEle. Porque todo dia Deus é novo e todo dia Ele renova todas as coisas. Hoje Jesus já lhe venceu. Claro que Ele contou com sua vontade, embora ela sendo mínima, mas Jesus contou com ela.

Conduzidos por São João 8, 1-11.

O chamado da mulher adúltera que foi vencida por Jesus. Adúltera, pecadora e eu creio que o nosso título também seja de pecador. Somos adúlteros também, quanta coisa nós adulteramos no nosso trabalho, em casa, enganando as pessoas, os amigos; e não só porque traiu o esposo e a esposa.

Os fariseus queriam, antes de tudo, condenar Jesus. Então, o que Jesus dissesse com aquela mulher seria motivo de condenação. Queriam por Jesus à prova. Mas Jesus, conduzido pelo Espírito Santo de Deus, soube ver a situação com outros olhos. O Espírito Santo clareia as coisas e nos mostra a verdade. Não abramos mão de sermos conduzidos pelo Espírito Santo!

Francisco Adriano Silva – Cofundador
Francisco Adriano Silva – Cofundador

Na verdade, eles queriam que Jesus condenasse aquela mulher, mas Jesus cheio da graça e da verdade, e que sabe o que se passa no coração de cada homem, deseja somente condenar o pecado, mas salvar o pecador e desmascarar a hipocrisia. Jesus quer nos tirar de toda tentativa de engano, de mentira, de falsidade que nós vivemos. Ele quer nos trazer para uma vida nova!

Jesus é aquele que contraria e hoje somos nós que estamos contrariando o mundo com o início do caminho vocacional. Se dispor a seguir Jesus é contrariar o mundo! Na caminhada vocacional Jesus não está nos chamando para formar um grupo, Ele está nos chamando para fazer o que Ele fez e nos chama para estar com ele. É isso que Ele quer!

O chamado dessa mulher começa quando Jesus se ergueu, deixou de escrever no chão e aquela mulher olhou para Jesus e ouviu de sua boca: – Quem te condenou? A mulher responde: – Ninguém Senhor. O encontro de amor de Jesus com a mulher adúltera é o mais perfeito ao meu ver. Aquela mulher estava se prostituindo procurando por um amor verdadeiro, sedenta desse amor. E quando ela olhou pro amor verdadeiro e o amor verdadeiro olhou para aquela mulher ela foi transformada. Jesus olha nos olhos daquela mulher e diz: – Nem eu te condeno.

Vai e não tornes a pecar, porque agora tu vais estar comigo, tu vais fazer parte da minha vida, porque agora tu és minha discípula e Eu vou estar contigo. Jesus tinha certeza que o olhar dele a tinha transformado.

O chamado de Deus nas nossas vidas é esse que nos transforma, nos desconserta, nos faz se derramar em lágrimas e nos dá um novo olhar. Foi essa troca de olhar que tornou aquela mulher seguidora de Jesus até a cruz. Quando Jesus ver a mulher mergulhada e ferida pelo pecado, o seu olhar a introduz em uma vida nova. Uma vida orientada para o bem é o que Jesus faz conosco. Ele esquece tudo da nossa vida de ontem. Portanto, o olhar de Jesus nos faz olhar para frente e nos dá um prêmio: uma vocação para amar.

 

Francisco Adriano Silva
Cofundadora da Comunidade Filhos de Sião

Conheça nossos autores

×