Formação

Corpo, templo do Espírito Santo

Conduzidos por I Cor. 6, 12-20.

Deus nos criou para sermos felizes com ele, para honrá-lo, louvá-lo com a nossa vida, com o nosso corpo, então Deus decidiu morar em cada um de nós.

São Paulo quando escreveu essa carta, ele falava de um lugar onde as pessoas tinham uma sexualidade totalmente desordenada e desequilibrada.

Quando rezava com essa passagem, Deus me dizia a palavra CASTIDADE, mas não só na parte da sexualidade, e sim em toda sua abrangência, tudo que faz parte do nosso corpo, o quanto devemos buscar a castidade todos os dias e entendermos o tamanho da nossa dignidade em sermos templo do Espírito Santo de Deus.

Quando usamos nosso corpo de forma errada, com pornografias, injúrias, isso gera uma enorme ferida no coração de Deus, já que Ele nos fez como sua imagem e semelhança, por isso temos em nós, características de Deus, o livre arbítrio, a vida em comunhão, o Amor com os irmãos, entre outras.

Então São Paulo vem nos dizer que tudo nos é permitido, mas nem tudo nos convém, que não podemos nos deixar dominar por coisa alguma. Ele nos ensina que em tudo precisamos ter disciplina, na nossa vida de oração, no convívio familiar, na nossa mente, em todas as áreas da nossa vida, para isso precisamos clamar pelo o Espírito Santo que habita em nós.

Devemos observar também nossas vestimentas, cuidar e respeitar o nosso corpo e permitir que Jesus tire toda impureza do nosso coração.

No final do texto diz que o nosso corpo recebemos de Deus, e por isso já não nos pertence, ou seja, pertencemos a Deus, por isso todo o seu amor por nós. Fala também que fomos comprados, por um alto preço, por isso precisamos glorificar a Deus, com o nosso corpo.

Aprendi que não devemos temer em deixar as coisas que nos afastam de Deus, que ferem a nossa castidade, e sim abraçar o projeto de felicidade de Deus para cada um de nós.

 

Lidynara Teófilo
Discípula Maior II da Comunidade de Aliança Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?