Formação

Espiritualidade do Domingo de Ramos

Se aproxima a Semana Santa, a semana que nos revela de maneira toda especial o amor de Deus pela humanidade, e que se inicia com o Domingo de Ramos.

Somos chamados a participar atentamente em espírito de oração de cada dia desta semana. Na benção dos ramos, ouviremos o evangelista Lucas a dizer-nos “Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém” (Lucas 19,28), para dizer-nos que Jesus caminha para abraçar a Cruz, para fazer cumprir o projeto do Pai, para viver a sua paixão, morte e ressurreição.

O evangelho segue dizendo que Jesus entra num jumentinho, em referência a profecia de Zacarias 9,9: “Exulta de alegria, filha de Sião, solta gritos de júbilo, filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei, justo e vitorioso; ele é simples e vem montado num jumento, no potro de uma jumenta.” Ele entra em Jerusalém aclamado como rei, que de fato o é, no entanto se mostra humilde, mostrando o caminho da humildade e da obediência, que nós, seus discípulos devemos trilhar, caminho de esvaziamento de si para entregar-se, render-se a Deus Pai e viver o amor, um amor oblativo.

Aclamado pela multidão que com seus ramos gritava: “Bendito o rei, que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas!” (Lucas 19, 38), Jesus não se deixa levar pelo sucesso do momento, pela glória, nem depois pela sua aparente derrota (na narração da sua paixão) mas, segue firme como manso cordeiro pois seu reinado não é deste mundo, segue para abraçar a vitória da cruz, para dizer-nos que também nós, não somos deste mundo, e que iremos retornar para o Pai. A confiança de Jesus está no Pai.

Na celebração do domingo de ramos com nossos ramos também devemos gritar com alegria “bendito o rei, que vem em nome do Senhor!” assumindo que Ele é o nosso verdadeiro Rei e Senhor, e que Ele faça de nós seus seguidores autênticos, seguindo o seu exemplo de humildade e obediência, no silêncio confiante, sem nos deixarmos levar pelas seduções deste mundo. Caminhemos unidos a Jesus, rumo a Jerusalém celeste, auxiliados pela Virgem Maria, nossa Mãe, para no céu abraçarmos o Pai que nos espera.

Somos peregrinos neste mundo, o céu é o nosso lugar!

Referência: Homilia do Papa Francisco XXXIV Jornada Mundial da Juventude

 

Marciele Silva Silvino Teófilo
Consagrada na Comunidade de Vida Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?