Formação

Eu+1 2023 – O grande anúncio: Deus é amor

Eu li recentemente que o óbvio também precisa ser dito, então vou começar dizendo que: Deus te ama!
Na exortação Christus Vivit, o Papa nos diz que esta é uma verdade que não pode nunca ser silenciada, quantas vezes forem possíveis, oportuna e inoportunamente, deve ser dita e lembrada. Esse anúncio se converte em três grandes verdades e nós vamos falar sobre cada uma delas.

1ª Verdade: Deus é amor

Ouvimos tanto que às vezes esquecemos de acreditar. Mas em toda e qualquer circunstância você é infinitamente amado. Na Palavra de Deus, podemos contemplar uma “carta aberta” de amor. Em cada livro, Ele encontra um jeito de se declarar e o Papa nos diz que é: “para ver se com alguma dessas palavras Ele consegue chegar no nosso coração”.

Em algumas situações, o Senhor se apresenta como um Pai carinhoso que brinca com seus filhos colocando-os no colo. Em outras, como uma mãe que é incapaz de esquecer seus filhos ou como um apaixonado que é capaz de tatuar o nome da pessoa amada na palma da mão. E em muitas outras, Ele simplesmente declara o seu amor fiel, bondoso, forte, paciente. “Ame-te com amor eterno” (Jr 31).

Deus não só o enxerga, Ele o vê. Ele consegue contemplar sua beleza. “És precioso aos meus olhos, te estimo e te amo” (Is 43). Deus presta atenção em você! Ele vê quando você ri por fora e chora por dentro, quando se sente só ou insuficiente. Deus lembra de você porque te ama! Ele não fica remoendo seus erros ou pecados. O amor de Deus te liberta. É um amor real, verdadeiro e concreto.

Nosso cofundador nos disse esses dias que Deus não parou só em dizer que nos ama, Ele provou. Ele nos deu Jesus e aqui entramos na segunda verdade.

2ª Verdade: Cristo salva

Por que Cristo salva? Por amor! Um amor tão grande que o fez ir até o extremo da cruz. Mas Ele continua a salvar a sua vida se você assim o deixar. Ele o salva dos seus pecados, da solidão, do vazio, carrega-o nos ombros se for preciso.

Ninguém ou pecado algum pode tirar de você a dignidade que o amor de Cristo lhe dá. Sempre o deixa começar de novo e de cabeça erguida. Porque o ama, Ele te salva e no seu abraço transforma a sua vida. Esse amor é maior que suas inconstâncias, fraquezas, medos, pecados, mas é através de tudo isso que Ele quer escrever uma história de amor. Ele sempre encontra um jeito de levantar, como disse àquele jovem já morto, hoje Ele diz também pra você: “Jovem eu ordeno, levanta-te”.

Jovem, não fique no chão! Não se compare! Não se despreze! A forma do mundo é deformada, você não é uma “coisa”. Você vale a vida do Filho de Deus. Olhe para Jesus na cruz de braços abertos, coberto de sangue só para que você seja salvo e livre. Isso não foi só há 2 mil anos, Ele te faz livre todos os dias. E quando você for buscar a reconciliação, o perdão na confissão, olhe para a cruz de novo.

O Padre Uli disse recentemente em uma de suas homilias que: “Não há pecado que resista ao sangue de Jesus”. Por isso, deixe esse sangue purificar você. Na confissão, você se esvazia de uma água imunda que são os seus pecados e sai cheio da misericórdia de Deus que é a água da vida, e aqui nós entramos na terceira verdade.

3ª Verdade: Cristo vive

Jesus ressuscitou! Não foi um evento que acabou. Ele vive e anda conosco, como prometeu.

O mal não o vence e também na sua vida o mal não tem a última palavra, porque Jesus, nosso Salvador, Aquele que vive, quer triunfar em você. Nos nossos Estatutos, nós aprendemos que o Domingo da Ressurreição não tardará, toda noite tem o seu dia. Portanto, não precisa se desesperar, porque Jesus, pela força da sua ressurreição, é o vivente eterno, fonte de nossa esperança. Foi Ele que quis nos amar, salvar-nos e nos dar vida em abundância.

Você percebe que nós falamos do Pai e do Filho? Mas e o Espírito Santo? A Trindade não se divide, Onde um está, todos estão. E nessa realidade, é o Espírito Santo que torna possível você receber esse grande anúncio e é Ele que mantém viva a experiência da salvação.

O Espírito Santo enche o coração do Ressuscitado e de lá se derrama como uma fonte. À medida que você se abre para ser amado, salvo e vivo, o Espírito lhe introduz no coração de Jesus. Por isso, peça ao Espírito Santo todos os dias a graça de não esquecer que é amado por Deus. Não vai lhe arrancar pedaços. É pelo Espírito Santo que aprendemos a amar. Só pelo Espirito Santo sua sede será saciada.

Afinal, o vazio, a solidão, a tristeza, tudo isso é sede do amor de Deus. É como se você sofresse com uma enxaqueca horrível e eu estivesse lhe oferecendo a cura para sempre. O remédio para dentro, vem de dentro. Eu não sei quais são suas feridas no amor, se com seu pai, com sua mãe, com seus amigos, ou se tem a ver com seus relacionamentos, eu não sei o quê ou quem o feriu, mas eu conheço quem pode curá-las e transformá-las. Eles o amaram da mesma forma que foram amados, ou como disseram para eles que o amor deveria ser, mas Deus o ama como você merece ser amado, porque Ele é o próprio amor.

 

Lívia Rosaly Carvalho da Cunha
Consagrada na Comunidade de Vida Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?