Formação

Percepção do Carisma em Nós

Estamos em uma semana de festa, a celebração dos 23 anos do Carisma Filhos de Sião e onde todos somos chamados a viver a perfeita alegria.

Quero começar falando o que é um Carisma, quando uma pessoa chega para você e diz: você tem carisma para fazer tal coisa, ela quer dizer que há em você uma habilidade para fazer algo, é uma aptidão, um dom que você tem para ser ou fazer, no nosso caso, o Carisma Filhos de Sião é um ser e fazer para Deus.

Adriano Silva, nosso cofundador, costuma dizer que o “Carisma não cabe em nós e ultrapassa nosso entendimento e a nossa compreensão”. Precisamos entender que portar um Carisma é antes de fazer alguma coisa, ser… É algo natural, específico, espontâneo, que não chega a ser um fazer, é muito mais profundo. O que você oferta ao Carisma no seu jeito de fazer é algo secundário e que não é o mais importante. Ser Carisma é uma necessidade para o mundo, ser escolhido para levar a salvação para outras pessoas, se conscientize disso, portar um Carisma não é coisa pequena.

Quero relatar sobre o Carisma em minha vida, da minha experiência. O que nos caracteriza com nossos familiares é a consanguinidade, que não se pode apagar, é a convivência, ela nos deixa parecidos. Com o Carisma acontece da mesma forma, a marca indelével, que não se pode apagar, porque é aquilo que Deus te chama a ser. A convivência que com a abertura ao Carisma vai se moldando a ele, vai adquirindo os laços que estavam dentro de você e não havia sido percebido, é uma eterna descoberta. Quando eu falo em consanguinidade e convivência, não estou dizendo que iremos ser iguais, pois, cada uma tem o seu jeito, personalidade e que foi dada por Deus. Talvez você esteja atraído pela Comunidade Filhos de Sião, por que a atração acontece primeiro, foi assim que aconteceu comigo e depois a identificação. Eu recebi muitos convites para fazer parte da Comunidade, até que um dia senti a atração, esse encantamento e isso é uma das mais belas experiências que se pode ter.

Não escolhemos o Carisma! É Deus quem escolhe! 

A Comunidade possui defeitos, mas o Carisma não. E o Carisma louvar e adorar o amor que não é amado precisa ser exercitado, pois ele é o molde que Deus fez para mim. Quando Deus pensou em mim criar, logo pensou em mim como Filho de Sião, um Carisma que não vai se repetir em nenhum lugar do mundo, porque temos um jeito particular de amar e adorar e o Filho de Sião quando vai adorar, ele ama.

Amar é escolher Jesus, optar por Jesus, não amamos somente diante de Jesus Sacramentado, mas todas as vezes que o escolhemos.

O Carisma nos une na busca por Deus, transforma a nossa vida, nos santifica, é uma força que nos eleva e nos refaz, é a minha versão original diante de Deus. Sou original quando vivo meu Carisma. Se estamos aqui hoje, é porque em algum momento nos identificamos com o Carisma e é por ele que Deus vai nos reconhecer lá no céu.

Hoje Deus diz para você Filhos de Sião que está em qualquer lugar do mundo: “Mas vem a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores hão de adorar o Pai em espírito e verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja” (Jo 4,23).

 

Julineide Mendes Teófilo
Consagrada na Comunidade de Aliança Filhos de Sião

Conheça nossos autores

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?