VOCACIONAL 2021

VOCASIYYÕN: “Venceste-me, Senhor. Agora sou teu.” – Missão Acaraú

Com muito júbilo, hoje abre-se o novo ano Vocacional da Comunidade Filhos de Sião na Missão de Acaraú, com o tema: Venceste-me, Senhor. Agora sou teu!

Quero falar-lhes de uma personagem da Bíblia muito conhecida e acredito eu que irá nos ajudar na compreensão do chamado de Deus em nossas vidas: Maria Madalena.

Conduzidos por Jo 20, 11-18.

Estamos na Quaresma, mas o episódio é da Ressurreição de Jesus. Naquele dia, aconteceu um dos chamados mais belos de toda a história. Maria foi ao túmulo ver Jesus e não o encontrou. Soluçava um choro sentido por terem levado o Seu Senhor.

E depois, tendo confundido Jesus com um jardineiro, disse: “Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o puseste para que eu vá buscá-lo!”. Ela estava disposta a ir atrás daquele que um dia havia tirado a vida dela da morte. Maria queria a todo custo encontrar novamente aquele que o amou como ninguém.

Neste encontro de amor entre duas almas, a alma amante e a alma amada, acontece algo extraordinário. Primeiro, podemos contemplar a transformação radical operada na alma de Maria. Ela que, de acordo com o Evangelho de São Lucas, é a mulher da qual Jesus expulsou sete demônios, vivera como uma pecadora, buscando no mundo um amor que o mundo não lhe podia dar. Mas, ao descobrir a Cristo, ela transforma-se em modelo de desapego de todas as realidades terrenas: para ela, com efeito, o seu tudo só pode ser Jesus. Este Evangelho indica-o com toda clareza.

Antes de ver a Cristo ressuscitado, ela vira anjos, testemunhas da maravilha que acabara de acontecer no sepulcro, e nada disso, porém, pôde consolá-la da tristeza de estar longe do seu Senhor: “Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”.

Por fim, acontece o inusitado! Jesus a chama pelo nome: Maria! E ela logo o reconhece e diz: “Rabbuní!”, que significa “Mestre”.

Isaías 43, passagem do meu primeiro encontro com Deus, diz o seguinte: “Nada temas, pois eu te resgato, eu te chamo pelo nome, és meu.”

O mesmo Deus que chamou Madalena e o resgatou das mãos da morte, é o Deus que insiste todos os dias em nos chamar em vista de uma missão. Maria Madalena, depois do encontro com o Mestre, saiu dizendo a todos: “EU VI O SENHOR!” e se tornou a primeira apóstola do Amor. Essa foi a missão de Maria: testemunhar a Ressurreição de Jesus.

E a Missão do Filho de Sião é: “Tornar o Amor amado”. O Amor é Jesus! Precisamos anunciar ao mundo inteiro que o Amor precisa ser amado. Como São Francisco, que queria ter as asas de uma águia para sobrevoar os montes e colinas para ANUNCIAR QUE O AMOR NÃO É AMADO. Queria também que lhe emprestassem todas as águas para chorar a dor do abandono do Seu Senhor na cruz.

 

Geraldo Luan Neves Leorne
Consagrado na Comunidade de Vida Filhos de Sião

Conheça nossos autores

×